Seguidores

Sejam Todos Bem Vindos!!! Deixem seus comentários, sugestões e críticas

Parabéns Educadores e Demais Cidadãos Gaúchos!!! Yeda (Nota Zero, Déficit Zero e Aumento Salarial Zero) Já Foi Demitida, MAS, deixou seus representantes no Governo e na Assembleia Legislativa!

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Dorotéia analisa o ENEM

Por Siden*
Nas visitas que estamos realizando nas diversas escolas estaduais da região, resolvemos marcar presença na Escola onde a professora Dorotéia desenvolve suas atividades. Como o acaso, às vezes, é generoso,  chegamos ao estabelecimento de ensino num período livre da educadora.

Ao chegarmos, observo que a professora está compenetrada, lendo um jornal. Nossas saudações na chegada obrigam a educadora a interromper sua concentração. Aproveito e parto de imediato ao diálogo:

- Pelo que vejo interrompemos sua leitura...

- Pois, estava a examinar o fantasioso ranking do ENEM.

- Por que fantasioso, pergunto?

- Olha, meu amigo! Existem tantas variáveis que atuam nos interesses dos alunos que realizam essa prova, que falar em ranking de melhores escolas, é no mínimo, uma forma simplista de avaliar o resultado... Para não dizer simplória...

Como não compreendo claramente a que a educadora se refere, resolvo partir para o questionamento.

- Que interesses?

- Meu amigo, aqui na escola muitos alunos da EJA resolveram fazer a prova do ENEM para conseguir certificação do Ensino Médio. Teve aluno que no mesmo ano em que terminou o Fundamental realizou a prova para tentar a certificação do Ensino Médio. Assim, muitos tentam certificação de algumas disciplinas sem nunca ter cursado o Ensino Médio...

- E conseguem? Indago de imediato.

- Existem casos em que os alunos eliminam um grande número de disciplinas. Por exemplo: tivemos o caso de um aluno, concluinte do Fundamental, que realizou a prova e ficou com a nota em redação acima de 900 pontos, nota que somente 1% dos que se submeteram ao exame obtiveram. Quero com isso dizer que devemos ter muita cautela ao examinar esse ranking, pois acho o resultado um tanto fantasioso.

- Desconfio que tem escolas que utilizam o Exame também como marketing, dispara a educadora.

- Como assim, Dorotéia?

- Tem estabelecimento de ensino bem colocado no ranking, mas que menos da metade dos alunos matriculados realizaram a prova. Por que os outros não fizeram? Talvez não quiseram ou talvez somente os melhores foram estimulados a realizar...

- Dorotéia, isso não deve acontecer. Isso seria propaganda enganosa. Mas não deixa de ser uma possibilidade, arremato.

Uma pergunta me surge: Qual seria o resultado se todos realizassem a avaliação?

- Como você vê colega tentar através de uma prova apenas elencar os melhores é uma prática irreal e perigosa, deveras...

- É verdade, tens razão...

Na viagem de retorno, as palavras de Dorotéia sobre o ENEM parecem dançar em meu cérebro. A diversidade de interesses dos que realizam a prova... Lembrei também dos cursinhos que preparam os alunos para o exame...

Mas, uma frase da educadora martela meu inconsciente. Será que teriam escolas usando cuidadosamente o ENEM para fazer seu marketing?

Não acredito... A Dorotéia tem cada uma...

*O Professor Siden é Diretor e Conselheiro no 14º Núcleo Cpers-Sindicato

Outra Vitória dos Educadores
Senado aprova texto que vincula aumento de professores também ao INPC, além de ao Fundeb, prevalecem

Os professores da educação básica têm motivos para comemorar durante o recesso escolar. Enquanto o semestre letivo terminava, uma reivindicação histórica da categoria entrava na pauta do Congresso Nacional: o aumento salarial. Em 7 de julho, o Senado aprovou substitutivo ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) nº 321/09 reafirmando o compromisso com o reajuste dos vencimentos da classe que, desta vez pode ser acima da inflação. Aprovado no Senado, o projeto agora volta à Câmara.

A matéria prevê que a atualização anual do piso dos professores deve levar em consideração tanto o crescimento do valor mínimo por aluno do Fundo Nacional da Educação Básica (Fundeb) quanto do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação. Na prática, o reajuste deve ser feito pelo Fundeb, mas não pode ser menor do que o índice da inflação.

O substitutivo é uma resposta a projeto enviado pelo governo, que pretendia considerar o reajuste dos professores apenas pelo INPC - tradicionalmente menor do que o crescimento do Fundeb. Em 2009, por exemplo, a elevação do INPC ficou em 4,11%, enquanto a variação do Fundeb, de 2008 para o ano passado, foi de 4,69%. Na prática, o PLC nº 321/09 altera a Lei do Piso (nº 11.738/08), que criou e determinou o pagamento de um salário mínimo nacional para os profissionais de educação básica. De acordo com o Ministério da Educação - com base em consulta feita à Advocacia-Geral da União (AGU) -, o piso atual dos professores que trabalham 40 horas semanais é de R$ 1.024. A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) defende o valor de R$ 1.312,85.

O presidente da CNTE Roberto Leão considerou a aprovação do texto no Senado um passo adiante na conquista de melhorias para a carreira de professor da educação básica. "Conseguimos união e um acordo com o próprio governo para alterar o projeto que veio do Executivo, que cedeu a uma pressão enorme dos estados", afirma Leão. Ele ainda criticou os chefes do Executivo estadual que tentaram sensibilizar o Palácio do Planalto argumentando que um reajuste salarial dos professores baseado no Fundeb iria desestabilizar as contas públicas. "Os governadores fazem pressão tanto no que diz respeito à política de reajuste quanto no valor do próprio piso. É uma vergonha governadores e prefeitos acharem que pagar mais de R$ 1 mil para um professor, para uma pessoa que vai alfabetizar, é muito. É preciso que eles digam que escola eles querem", completa.

Questionamento
Cinco estados brasileiros - Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Ceará - questionaram a constitucionalidade da Lei do Piso por meio de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), o que levou o Supremo Tribunal Federal (STF) a flexibilizar a norma.

O STF julgou a lei constitucional, mas concedeu liminar a dois dos pedidos dos governadores e, portanto, ainda cabe julgar o mérito sobre as questões da vinculação do piso aos vencimentos iniciais de carreira e sobre a destinação de um terço da carga horária dos professores para atividades fora de sala de aula.

"Com a liminar, os governadores podem considerar que o piso corresponde ao conjunto da remuneração do professor, incluindo gratificações e complementos. O resultado é que os estados não efetivaram o piso, esperando a decisão do Supremo, que precisa se manifestar", diz Leão. (Correio Braziliense)

Fonte CNTE

Comentário:

Vale lembrar que a ADIN contra o Piso Nacional dos Educadores foi liderada pela Governadora YEDA, infâmia que os trabalhadores em Educação jamais esquecerão,mesmo depois do término de seu malfadado Governo. Assim, na prática fica claro que o PSDB, partido ao qual pertence a Governadora e o presidenciável José Serra tem vocação histórica para a caça de conquistas e direitos de trabalhadores.

Também tem que ficar claro que o PMDB de Fogaça deu sustentação política ao (des)governo tucano no RS.

Presença do 14º Núcleo CPERS/Sindicato
A direção do 14º Núcleo esteve presente em todas as lutas em defesa do Piso Nacional através de suas lideranças. Assim, estivemos em Brasília na Luta pelo Piso Nacional em 2007 e 2009.

O PISO JÁ. CHEGA DE MIGALHAS!
Siden Francesch do Amaral
Diretor no 14º Núcleo do CPERS/Sindicato e Membro do Conselho Geral da Entidade.

Lula assina contratos e anuncia obras no Estado
Na Capital, presidente anunciou recursos para diversas obras
Jefferson Klein

"Vai começar a Copa do Mundo de 2014", afirmou Lula, ao apertar o botão que ligou o bate-estacas que deu o início simbólico às obras de reforma do estádio Beira-Rio. A cerimônia, realizada do lado de fora do estádio, foi acompanhada por dirigentes e jogadores colorados, além de políticos e dezenas de torcedores.

Lula ainda descerrou a placa alusiva ao começo das obras e deixou a marca de suas mãos em cimento. Na solenidade, o presidente aproveitou para se declarar torcedor do Internacional, "para tristeza dos meus companheiros do PT que são gremistas", complementou. De presente, o presidente ganhou uma camiseta do Inter, com o número 10 e a inscrição "presidente Lula".
[...]
O presidente começou o seu discurso cumprimentando o ex-governador Olívio Dutra, que durante a cerimônia sentou ao seu lado, junto com o ministro das Cidades, Marcio Fortes de Almeida. Cerca de 600 pessoas acompanharam o evento de assinatura de contratos de mobilidade urbana, drenagem, construção de moradias e lançamento de obras rodoviárias. Entre elas estavam ministros, prefeitos e empresários.

Logo no início de sua fala, Lula salientou que a origem da Petrobras Biocombustíveis (PBio) foi vinculada à ideia de dar mais seriedade ao programa de biodiesel e oferecer um preço mais justo para o pequeno e médio produtor. "Eu sonho com essa empresa, como sonho com o crescimento do meu neto", disse o presidente. Ao ressaltar a importância da empresa, Lula direcionava-se ao presidente da companhia, o gaúcho Miguel Rossetto. "Miguel, vamos ter que encontrar um nome melhor para a nossa empresa", comentou Lula, acrescentando que é preciso achar um nome mais pomposo para a companhia e que, "como Joãozinho Trinta já dizia, ‘quem gosta de miséria é intelectual'".
[...]
Sobre o Rio Grande do Sul, Lula enfatizou que o governo federal tinha o compromisso de não deixar o Estado regredir. "Vocês sabem quantos estados nós temos em que as pessoas cantam o hino com o orgulho com que vocês cantam? No Brasil, vocês e o Acre", apontou o presidente. Por isso, de acordo com Lula, um estado como esse merece do governo federal carinho, respeito e tratamento adequado por parte do governo federal.

Duplicações de rodovias serão concluídas em 2013
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva também lançou nesta quinta-feira o edital de licitação para duplicação da BR-116, entre Guaíba e Pelotas. Enquanto isso, o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, assinava, em Estrela, a ordem de serviço para a duplicação da BR-386, no trecho entre Tabaí e Estrela. A solenidade no Interior foi transmitida na Usina do Gasômetro através de um telão e os participantes das cerimônias interagiram entre si. Ambas as obras devem ser finalizadas em 2013.

Passos aponta que a duplicação da BR-386 deve beneficiar 37 municípios e cerca de 320 mil habitantes da região. Já a ampliação da BR-116 deverá contribuir diretamente para 19 municípios e uma população de 2,5 milhões. Ele acrescenta que nos próximos dias deverá ser inaugurado o complexo viário de Canoas (com três viadutos que estão sendo construídos na interseção das BRs 116 e 386). Passos disse que o governo está trabalhando para desenvolver o projeto da nova ponte sobre o Guaíba e considerou a iniciativa como fundamental. A declaração ocasionou aplausos da plateia. Ele também destacou que o governo quer entregar até o final do ano a duplicação da BR-101.

Contratos assinados viabilizam investimento de R$ 596,7 milhõesAs assinaturas de contratos da Caixa Econômica Federal para financiamento dos programas Pró-Transporte, Saneamento para Todos e Minha Casa, Minha Vida, realizadas na cerimônia desta quinta-feira, na Usina do Gasômetro, significarão um investimento total de R$ 596,7 milhões no Rio Grande do Sul. Para Porto Alegre, os principais investimentos serão dirigidos à melhoria da infraestrutura da cidade, para facilitar o tráfego até a realização da Copa do Mundo de 2014.
[...]
Na área do PAC Saneamento, foram assinados três contratos de obras de drenagem, em Porto Alegre, Rio Grande e Novo Hamburgo, no valor de R$ 71 milhões, todas com contrapartida das prefeituras. Já no segmento de habitação, as cidades de Bento Gonçalves e São Leopoldo receberão três novos empreendimentos dentro do Programa Minha Casa, Minha Vida, que poderão ser habitados por famílias com renda mensal de até R$ 1.395,00. A construção dos empreendimentos terá investimento de R$ 42,3 milhões e beneficiará 932 famílias.
[...]
Leia na íntegra no Jornal do Comércio http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=35560

Um comentário:

Valdecy Alves disse...

Olá. Parabéns ao amigo blogueiro por ser um dos adeptos da mídia alternativa.

Leia matéria em meu blog sobre o mito da caverna de Platão e a educação no BRasil:

www.valdecyalves.blogspot.com